dakar angola

A organização do Rally Dakar encontra-se em negociações para encontrar o palco da competição para 2018 e Angola é uma forte possibilidade.

A realização do rally Dakar em Angola poderá ser o evento mais importante para o país em 2018. Confirmada a desistência do Peru e do Chile, o Dakar regressa ao seu continente de origem para celebrar a sua 40ª edição, e Angola mostra-se como um dos países com forte possibilidade de receber a mais importante competição de todo o terreno do mundo!

Desde 2009 que esta competição se realizava em terras da América do Sul, o que na altura foi uma decisão polémica por abandonar o continente onde tudo começou, e que inclusive deu nome à prova em questão, pois sempre terminava na capital senegalesa – Dakar.

Depois de uma década consecutiva na América do Sul, o Rally Dakar abandona o continente pela desistência dos dois países acima referidos, e sem os quais o director da competição não admite continuar. Desde aí, a decisão de fazer com que o Dakar regresse às suas raízes começou a ganhar força.

O Possível Regresso às Raízes

Sendo assim, o Dakar em Angola já daqui a 2 anos tornou-se um cenário cada vez mais plausível. Não há dúvidas do grande potencial de alguns países africanos para esta competição. Há terrenos muito bons para corridas de todo o terreno, inclusive em Angola, na Namíbia e na África do Sul.

De facto, estes três países africanos reúnem todas as condições para acolher a competição e, mais ainda, têm mesmo as condições ideais para que esta prova mítica se desenrole.

Para qualquer um destes países esta é uma oportunidade única, e Angola com certeza não quer desperdiçar esta alavanca para o reconhecimento mundial. Receber uma das competições automóveis mais icónicas do mundo do desporto é sem dúvida algo apetecível para qualquer país africano.

A realização do Raly Dakar em Angola, mais do que desejada, é possível devido às boas condições naturais. As terras da província de Benguela são idênticas às do deserto do Norte de África, sendo que, mais particularmente, as regiões da Baía Farte e Namibe fazem lembrar o antigo deserto de Moçamedes. Existiria razão mais oportuna para esta competição passar por aqui?

De frisar que Angola só terá benefícios com a realização do Paris – Dakar nas suas terras, até porque ajudará imenso na projecção do seu projecto turístico do Okavango – Zambeze.

Etiene Lavigne já revelou até estar em negociações com os responsáveis de Luanda, daí podemos retirar que existe uma boa possibilidade da realização do Dakar em Angola acontecer mesmo.

Uma Decisão Que os Fãs Aguardam

É inegável o entusiasmo dos seguidores da famosa competição Paris-Dakar com o seu regresso a África, até porque se demonstrou uma quebra de fiéis a esta desde que se mudou para a América do Sul.

Embora, neste momento ainda não seja possível voltar às áreas desérticas de antes, devido a questões de segurança, a possibilidade de ver esta competição regressar ao continente de origem mereceu o aplauso dos fãs.

Sabendo que a decisão final ainda não foi tomada, aguardamos com expectativa o seu desfecho. Quem sabe, se não teremos mesmo o rally Dakar em Angola.

 

Top
×

 

 

Fique a par de todas as novidaded do
Angola Carro e receba informação
privilegiada sobre os melhores
anúncios: basta colocar o seu email!
  É completamente gratuito!

Comprar Vip